Festa em 4 Tempos

É muito comum chegar em festas e ter aquele enorme sanduíche de metro com um recheio de sabor nulo e um pão completamente úmido esperando ser comido. Intermináveis potes com castanhas e batata chips, guacamole, patê de azeitona, tudo meio já pronto, já comprado ali, na padaria do lado. Não estou desmerecendo estes produtos, porém, acredito que uma festa para alguns amigos merece algo de mais especial, porque, todo o resto, pessoas e bebidas já estarão por lá, agora, quando alguém se propões a cozinhar alguma coisa e oferecer aos amigos, de alguma forma se torna um tipo presente. Um pequeno agrado aos convivas ali presentes.

Pra quem tiver paciência para cozinhar, existem vários tipos de pequenos pratos fáceis de fazer, é claro que isso irá tomar um tempinho, dependendo do que for servido, mas o esforço é sempre válido e a festa fica com uma cara mais pessoal.

No fim de semana eu preparei quatro pratos, diferentes uns dos outros para serem servidos no aniversário de minha prima. Foram estes: palitos de aspargos com presunto cru, patê de berinjela com cúrcuma, manjericão e coentro; espetinhos de frango com pimentão e pimenta biquinho e petiscos de massa folhada com mix de cogumelos.


Espetinhos de Frango

Quando for preparar os espetinhos de frango é legal deixar eles marinando de um dia para o outro, assim o tempero tem tempo para penetrar bem na carne. Eu usei uma bandeja inteira de frango, aproximadamente um quilo de peito e 3 pimentões, pode-se colocar outros vegetais nos espetos. Corte os pedaços de frango em cubos, bite-size, faça o mesmo com os pimentões e reserve em uma bacia.

Para a marinada foi usado 3 dentes de alho amassados com sal, curry, e manjericão fresco e uma boa quantidade de azeite de oliva. Ponha tudo num macerador e triture até que todos os ingredientes estejam bem misturados. Misture ao frango e deixe na geladeira até a hora em que for realmente grelhar.

Use os espetinho de churrasco para fazer este petisco, coloque dois cubos por porção, intercalando com os vegetais, use as duas extremidades do espeto pois ele será quebrado ao meio, formando dois espetos menores. Quando todos estiverem pronto, grelhe numa frigideira grande e bem quente com um pouco de azeite. No final, orne a ponta do espero com uma pimenta biquinho. Uma dica: não coloque a pimenta na marinada e nem quando for grelhar o frango, com o calor, as sementes soltarão o óleo da pimenta que dá a ardência, podendo deixar o frango um pouco picante demais.


Patê de Berinjela

Esta receita eu usei do Jamie Oliver, mas algumas variações. 6 berinjelas dá para fazer duas porções bacanas de patê. Se colocar um pouco de pasta de gergelim, vai parecer com o babaganush árabe.

No forno pré aquecido, coloque as berinjelas para assar, fechadas. Para que não aconteça de elas explodirem dentro do forno, faça uma pequena incisão em forma de cruz na ponta oposta ao talo. Deixe assar por uma hora para que a polpa dela fique bem cozida.

Quando sentir com um garfo que está macia por dentro, retire elas do forno e abra ao meio, com cuidado, para não se queimar, use uma colher para recolher o miolo, que deve estar fácil e solto. Coloque então a polpa num liquidificador com um fio de azeite, 2 dentes de alho, sal , pimenta e pitadas de cúrcuma e bata até que fique uma pasta homogênea. Há a possibilidade de fazer isso tudo não, para que se preserve as sementes, se for feito assim, macere o alho com um pouco de sal e azeite antes e adicione ao patê. No final de tudo, use o suco de 1 ou 2 limões para que a berinjela não escureça de mais. Antes de servir, pique um punhado de coentro, manjericão e salsinha e jogue por cima.

Palitos de Aspargos com Presunto Cru

Fácil de fazer e super sexy, os palitos de aspargos impressiona qualquer um, tanto pela simplicidade do preparo quanto pelo sabor. Use de preferência um presunto cru bom e peça para ser fatiado bem fino, aqueles que se compra pronto normalmente vem um tanto grosso e fica difícil de enrolar nos aspargos depois.

Primeira coisa a se fazer é cozinhar os aspargos em banho maria, durante uns 5 minutos, quando estiverem tenros o suficiente, corte o processo de cozimento deles afogando os pequenos numa bacia com água e gelo. Na seqüência, enrole com cuidado as fatias de presunto no corpo do aspargos, deixe o broto da ponta aparecendo para ficar bonitinho.

Quando todos estiverem prontinhos, pegue uma frigideira e esquente com um fio de azeite, assim que quente, com muito cuidado para não desenrolar os presuntos, coloque os palitos na frigideira.

A idéia é dar um susto, de modo que a gordura do presunto derreta um pouco e o seu sabor se misture com os aspargos. O presunto vai grelhar bem pouco, é pra ficar meio roseado, mas não frito. Quando o presunto cru é aquecido ele perde um pouco da resistência das fibras da carne de modo que será travada uma luta toda vez que se der uma mordiscada no aspargos, o presunto vai se desfazer junto. Se alguém gemer de prazer, não se assuste.

Petisco de Massa Folheada com Mix de Cogumelos

Esse prato é um pouco mais demorado porque exige alguns fornos, como no nosso caso de reles mortais que não possuímos aquele forno industrial. De qualquer forma, sempre impressiona uma massa folheada, que no geral, as pessoas pensam serem somente possível de comer em festas e coquetéis chiques.

Antes de mais começar, já aqueça o seu forno a 200 graus.

O meu mix de cogumelos foi shitake e portobello, para fazer 40 torradas, foi usado 3 caixas de cogumelos. Bem picadinhos, colocar em uma travessa e regar com a seguinte mistura batida num processador: 3 dentes de alho, azeita, sal, pimenta do reino, e pimenta dedo de moça ( sem sementes) bem picadinha que é melhor acrescentar na segunda etapa. Depois de verificar que todos os cogumelos foram tocados pela misture, coloque no forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 30 minutos. É natural que solte uma água e se forma um pequeno lago, por isso que assamos sem papel alumínio

Use aquela massa folheada que vem em rolo e siga as instruções da embalagem. Se a sua pia for de mármore, melhor ainda. Desenrole a massa no mármore e com uma faca corte em quadrados, não sou boa de número, mas o tamanho deve ser suficiente para uma colherada de chá cheia de cogumelos. Fica a seu critério.

Forre uma assadeira com papel manteiga e assim que cortar toda a massa, com delicadeza – pois ela tende a ficar bem mole elástica – disponha os quadradinhos na forma. Neste momento, o forno deve estar bem quente. Com uma colher, coloque porções dos cogumelos na massa e imediatamente ao forno. Não deixe a próxima leva de petiscos pronta para ir ao forno, a água do cogumelo vai penetrar na massa folheada e ela não vai crescer, ficando dura e furada embaixo. Vai por mim. Prepare uma leva por vez, antes de assar. O tempo no forno é de aproximadamente 20 a 25 minutos.

Quando retirar, espere esfriar um pouco , se quiser, salpique o acepipe com salsinha e cebolinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s