O Pork é Pop II: Barriga de Porco na Pressão com breja Ale

Vício, luxúria, gula, tentação?  Não saberia dizer quais desses sentimentos ou pecados ou seja lá que nome se dá a isso. O fato é que estou viciada, mesmo, em barriga de porco. Depois daquela primeira tímida barriga, tantas outras já passaram pelo meu garfo e pela a mesa de muitos amigos. Sempre ao forno, horas e horas pururucando a pele adocicada, exibindo minha maestria em dominar o porquinho.

Dessa vez, tive que abrir mão do forno se eu quisesse continuar no top chart da cozinha suína. O combinado era comermos arepas ( a receita vai no outro post) recheadas de barriga de porco, então fui atrás de algumas técnicas em panela de pressão, uma variedade gigante de opções, mas especialmente barriga ao estilo chinês ou japonês, a famosa Buta no Kakuni me surgiram. Garimpei os procedimentos que mais me interessavam e fui `a luta.

A panela de pressão é uma coisa mágica que eu não tenho em casa mas preciso de uma ( FICA A DICA, TSA), sabendo criar uma combinação de sabores, ela transforma todo o liquido em caldo e toda carne em amor.  O nosso porco na pressão foi um estudo, eu diria, de sabores graves e intensos, produzindo um caldo grosso, escuro e muito saboroso.

Para tanto, compre 1 kilo de barriga com pele, lave com carinho para não desmanchar as camadas de gordura e corte em pedaços grandes mesmo, to tamanho de uma maçã da mônica. Vamos selar a carne na própria panela de pressão, começando pelo lado da pele e terminando pelo lado da carne. É SELAR e não COZINHAR, então atente ao tempo, ele deve ficar bege claro por fora. Isso é importante para preservarmos os sucos da carne. Tudo certo? Separe a barriga selada em um bowl.

Na mesma panela  de pressão vamos suar uma cebola inteira e meio pimentão vermelho cortados em cubos pequenos e 3 estrelas de anis. Quando os vegetais estiverem macios e o aroma do anis já pungente colocaremos de volta os pedaços da barriga de porco com a pele para baixo, por cima da carne vamos colocar: 300ml de cerveja ALE ou RED ALE,  suco de 2 laranjas e 2 colheres de sopa de açúcar mascavo, sal para equilibrar.  Mexa um pouco tudo dentro para que os ingredientes se misturem, vede a panela e deixe em fogo alto por 45 minutos.

A cerveja ale o mascavo e a laranja transformam o suco final num caldo grosso e agridoce e o pimentão, traz a pungência da terra  e a coloração terracota ao prato. Simplesmente luxo.

Ao final do tempo, todo cuidado é pouco, abra sua panela e verifique se a carne está soltando e o molho está grosso, tudo certo? Sirva como o seu coração mandar. Ótimo dentro da arepa e espetacular fora dela.

 

 

 

 

Uma resposta para “O Pork é Pop II: Barriga de Porco na Pressão com breja Ale

  1. Conozco faz tempo tambem as arepas Trabalhava com um amigo colombiano que um dia me levou em um festival de comidas tipicas da Colombia, ali em um anexo na igreja do Calvario na Vila “madá” rsrsrs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s