From the Galley: a Bossa do Dragão

Fui chegando de mansinho no From The Galley, eram 20h de uma sexta-feira no Itaim Bibi.  Na entrada, a imagem de uma sereia enfeitando o batente da porta definia o gosto do proprietário ( segue desenvolvimento nos próximos parágrafos). Não havia chegado ninguém ao restaurante – informação confirmada pelo manobrista do local. Eu, tímida que sou, esperei pacientemente na porta, na esperança de algum outro jornalista chegar e me fazer companhia. No fim, decidi entrar.

A tensão é explicada, dentro deste universo de Super Chefs, temos que lidar com eles como estrelas de tv. Poucas perguntas, poucas gafes, tempo curto monitorado de perto por assessores ultra exigentes. A pressão é muita e sempre ficamos com um pé atrás. Eu já imaginava Ton saindo por de trás das fumegantes panelas, com um olhar sombrio de gênio atormentado, me sufocando com receitas incríveis e palavras difíceis de seu, mais que hermético, universo de cozinheiro.

Ao entrar no restaurante, uma surpresa: a cozinha minúscula , dava para o salão aberto e claro da casa. Recebi uma taça de espumante e um sorriso da assessora: Seja bem vinda, Ton já está chegando, sinta-se a vontade! Entre um ato e outro, Mariana me contou o que os assistentes estavam cozinhando na diminuta cozinha: Cozido Português, um dos carros chefs casa que seria servido no dia seguinte a um grupo de amigos.  Uma grande mesa comum ocupa o espaço central da sala, a idéia é que todos ( conhecidos ou não) sentem-se juntos na  grande mesa de madeira. No andar de cima, uma sala menor é usada para jantares íntimos e na parede da ante -sala rótulos de cigarros antigos compõem o ambiente.

Então chegou Ton  Vasconcelos e logo tudo mudou. Típico carioca, jeitão charmoso de quem já navegou muito pelo mundo, crocs nos pés exibindo uma meio pouco “chef”, nos primeiros minutos de conversa soltou ” olha só, eu acho esse papo de cozinha molecular uma besteira”. E eu perguntei: Mas então, porque você está oferecendo um menu tão, digamos, molecular? Com direito a nitrogênio e tudo o mais? ao que ele responde “Oras, porque eu fiquei com vontade, ué!”.

Ton Vasconcelos, antes de se tornar chef ‘por hobby’ é dono de uma operadora de cruzeiros. Esse lado “faço porque gosto” é o que cativa o cliente. O menu degustação não tem um apelo inovador de quem procura experiências de quase morte em cozinhas ultra modernas, o que me surpreendeu, no entanto, foi a sua gentileza e o seu joie de vivre. Em demonstrar que quando nos desvencilhamos de títulos como “Chef” e “cozinha de autor”, circular no universo da criatividade por mera curiosidade pode tornar a experiência muito mais gratificante.

O tema da noite era de fato cozinha molecular, O bafo do dragão: um biscoito feito de pipoca com curry e mergulhado no nitrogênio levou a medalha de ouro: literalmente os convivas soltaram baforadas geladas pelas ventas. Outro prato marcante, foi a colherada de caipirinha feita no nitrogênio e as uvas gaseificadas ( para mim, foi o top 10 da noite). As uvinhas, são colocadas num cilindro de gaseificar água ( não conto o segredo!) e saem como se fossem frutinhas de refrigerante. Singelo e gostoso. Na seqüência de pratos da noite, o salmão marinado no missô com purê de batatas estava leve e saboroso, uma bela costelinha de carneiro ao ponto e uma sopa de cogumelos servido no pão italiano feito sob encomenda não deixaram a desejar. No fim da conversa, uma novidade do Chef: está a caminho em sua nova residência aulas de cozinha especiais, como diz Ton ” acho que vai dar bossa”. Eu também acho.

Ton é a desconstrução do grande Chef, é aquela pessoa de alma e coração, explica seus pratos com a mesma malemolência de uma conversa de bar. Seu estilo impõe o respeito de uma pessoa que não tem medo, nem vergonha, de ser o que é : empresário, gourmet, chef e navegador.  Desde de 2005 o restaurante caminha em mares calmos e certos. Vale a pena conhecer!

From The Galley

Endereço: Rua Leopoldo de Couto Magalhães Junior, 761, Itaim Bibi

Telefone: (11) 3073-0928

Cartões: aceita todos

Estacionamento: vallet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s